CREAS destaca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, data instituída em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES).

O principal objetivo dessa celebração é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa idosa. A violência a pessoa idosa não é um fato isolado, mas um reflexo da violência na sociedade como um todo. Os idosos são pessoas que, geralmente, tem uma maior fragilidade, precisam de cuidados e principalmente de paciência.

Violências físicas, psicológicas, abandono, negligência, maus tratos e violência patrimonial são as denúncias mais comuns. A violência, muitas vezes, vem de onde menos se espera, da pessoa responsável pelos cuidados.

Em Simão Dias, a Secretaria de Inclusão, Assistência Social e do Trabalho, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) tem uma atuação específica à idosos com algum grau de dependência que tiveram suas limitações agravadas por violação de direitos tais como: situação de violência, seja ela negligência, abandono, violência física, psicológica, exploração financeira, dentre outros.

A equipe técnica conta com uma profissional de Serviço Social e uma de Psicologia, que atendem diariamente essas situações. Os profissionais responsáveis por atender essa demanda destacam que a falta de compreensão por parte dos familiares para com as condições específicas dos idosos acabam gerando conflitos que levam a diversas formas de violação de direitos.

Qualquer situação de suspeita de violência contra pessoas idosas podem ser denunciadas através dos seguintes canais de denúncia: Disque 100, CREAS, Ministério Público e Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (COMDEPI).